• Gustavo Candiota

Quer um Brasil sem corrupção? Comece não realizando câmbio paralelo.


Ei, você aí! Sim, você que está lendo este post e compra dólar "por fora". Tudo bem com você?

Comigo tudo bem. Estou tranquilo, pois realizo apenas câmbio oficial via instituições autorizadas pelo Banco Central. Não realizo câmbio com "doleiros". Sim, pago um câmbio um pouco maior. Sim, pago imposto para isso. Sim, tenho que seguir regras, prazos, e documentação - burocracia - solicitada. Estou sendo burro? Não!

Vou explicar porque:

  • Minha chance de comprar notas falsas é zero;

  • Minha chance de ser preso no exterior com notas falsas é zero;

  • Minha chance de responder a um processo junto a meu "doleiro" é zero;

  • Não estou sendo conivente com uma operação de crime financeiro;

  • Posso reclamar e condenar a corrupção que assola o país, sem hipocrisia.

Definição de "Doleiro" segundo a Wikipedia:

"É o indivíduo que compra e vende dólares no mercado paralelo. Ao caracterizar alguém como doleiro a Polícia Federal já imputa a ele ao menos um crime, o de evasão de divisas. Dessa forma, entende-se que o doleiro é quem converte moedas de um país sem autorização ou além dos limites permitidos das leis vigentes.

Os doleiros também realizam operações dólar-cabo, ou seja, transferências de recursos "do" e "para" o exterior, por empresas e/ou pessoas não autorizadas pelo Banco Central do Brasil a realizar operações de câmbio e/ou fora dos mecanismos oficiais de registro e controle. As operações dólar-cabo podem configurar o crime de lavagem de dinheiro (branqueamento de capitais) quando utilizadas para ocultar a origem ilícita de recursos, bens e valores de modo transitório ou permanente, por dissimulação da origem ou do verdadeiro proprietário dos fundos."

Ou seja, muitas vezes você pode estar inocentemente comprando "por uma taxa muito boa, cédulas novas, e sem passar pelo seu CPF ou conta bancária", mas está negociando com uma pessoa envolvida em outras operações muito mais graves e criminosas. Você está conivente, assim, com seus crimes. Você particularmente está cometendo um crime financeiro.

Vale a pena economizar alguns reais para assumir estes riscos? Ser conivente com um uma atividade ilegal para "escapar da receita"? Não é melhor começar a declarar sua renda da maneira correta e assim poder realizar seus câmbios corretamente e sem riscos? Colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo que tudo está sendo feito dentro da lei, sem risco de malha fina ou processos, é muito melhor. Não é? Pense nisso! Câmbio é coisa séria. Não desafie a capacidade do Banco Central e da Receita Federal de encontrar os fraudadores e sonegadores, porque se tem uma coisa no Brasil que funciona e é modelo mundial é seu sistema financeiro, sua tecnologia e seus agentes. Não brinque com eles.

Siga estas dicas e um dia você vai me agradecer por ter lido este post.

Att,

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime Câmbio Inteligente

#Dólar #doleiros #câmbio #corrupção #evasãodedivisas #paralelo #dolarcabo #brasilsemcorrupção #comocombateracorrupção #comeceporvocê

0 visualização

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify