• Gustavo Candiota

Remessa internacional, a única opção de câmbio (ainda) com 0.38% de IOF

Atualizado: Jun 27


Existem diversas opções para este tipo de câmbio. É seguro, é rápido, é conveniente e, muitas vezes, mais barato. Mas muitos clientes se confundem sobre qual é a melhor alternativa de acordo com sua necessidade, montante a ser enviado, e se vale a pena fazer.

Eu respondo: vale sim! Se você ou o beneficiário possuírem uma conta no país desejado, principalmente.

Para os que desejam enviar recursos do Brasil pro exterior (e vice-versa) o sistema financeiro mundial oferece os seguintes recursos:

  1. International Wire Transfer (SWIFT);

  2. Remessas com código de saque - MoneyGram, Western Union, Xoom, etc;

  3. Plataformas de remessa digital - tecnologia Blockchain; recomendado

  4. Levar dólares na maleta - em fase experimental pelos políticos.

A primeira alternativa é a mais tradicional. Apesar de um pouco burocrática, é a mais segura e conveniente, pois deposita o dinheiro diretamente na conta bancária do beneficiário no exterior. Além disso, para os brasileiros que estão morando fora do Brasil e pensam futuramente num pedido de visto permanente, ter estas entradas de recursos registradas pode facilitar a aprovação do mesmo.