• Gustavo Candiota

Resultado do 1° turno nas eleições da França dá força para o Euro. Entenda.


A moeda comum da Europa vêm em uma trajetória de baixa de médio prazo. Mais precisamente desde fevereiro de 2016. O ciclo de queda foi continuado principalmente devido ao Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia. Outros fatores, diversos, também influenciaram e derrubaram ainda mais o Euro ao longo dos últimos 12 meses. Porém, este ciclo pode estar próximo do fim.

Por quê?

Existe - sim, ainda existe - o temor dos mercados de que Marine Le Pen, candidata da extrema-direita na França, vença as eleições. Polêmica, Le Pen afirma com todas as letras de que, se eleita, seu país será o próximo da fila a sair da zona do Euro. Algo que, só pela pequena CHANCE de acontecer, desvalorizou bastante a moeda nas últimas semanas. Tudo dependeria do resultado do 1° turno nas eleições do país.

Mas se ela foi para o 2° turno, porque o Euro hoje está subindo?

Pela nossa análise, isto se deve a 2 principais fatores:

  1. Apesar de ainda na disputa, segundo pesquisas recentes Le Pen tem pequenas chances de vencer.

  2. O o seu oponente, Emmanuel Macron, além de querer manter a França no Bloco, é um político de Centro. Ou seja, não é de extrema-direita, mas também não é de esquerda. Algo que sempre agrada os mercados financeiros.

Contudo, ainda é cedo para afirmar que o resultado será o que as pesquisas dizem. As vezes um simples debate muda tudo, ou algum escândalo político surpreendente inverte as intenções de voto. Tudo é possível. Mas se queremos falar de CHANCES... sim, a chance do Euro voltar a subir é maior do que continuar caindo. Fiquem atentos!

Tenham todos uma ótima semana!

Att

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime Câmbio Inteligente

#MarineLePen #França #Euro #UniãoEuropéia #EmmanuelMacron #Moedaeuropéia #previsão #câmbio #eleições #comproouespero

19 visualizações0 comentário
Blog do Cambio new logo.png
Inscreva-se no Canal YouTube da Câmbio Inteligente