• Gustavo Candiota

Quais as chances do dólar cair e devolver todos os ganhos da quinta-feira negra?


A última quinta-feira, 18 de maio de 2017, foi histórica. Ficará em negrito nos livros de economia e política das próximas gerações. No day after da divulgação sobre áudios e videos comprometedores envolvendo o presidente da república Michel Temer, a bolsa de valores acionou o "Circuit Breaker" ao bater 10% de queda no índice, algo que não acontecia desde outubro de 2008. O Câmbio disparou mais de 8%, maior alta diária desde a década de 90. Correria de clientes para comprar dólar. O mercado de câmbio à vista, em sua maioria, não operou. Enfim, o desespero foi geral. Pânico absoluto.

Mas e agora? O que vai acontecer com o dólar após um episódio que estremeceu os pilares da república e voltou a comprometer a credibilidade do Brasil que finalmente parecia estar se recuperando perante o mundo?

Ainda que novas altas possam ocorrer, vamos às hipóteses que podem fazer a divisa norte-americana, aos poucos, voltar ao que era antes da quinta-feira negra:

  1. Banco Central continuar atuando forte com contratos de swaps para conter o efeito psicológico;

  2. Protestos nas ruas esfriarem;

  3. Novos pronunciamentos contundentes de Temer desmentindo as acusações e nenhum novo áudio, video ou detalhamento comprometedor;

  4. Provas que comprometam a oposição (Dilma e Lula), que enfraqueceria o PT para uma eventual nova eleição direta provisória ou para a eleição de 2018;

  5. Commodities seguirem em alta;

  6. Reformas seguirem evoluindo no congresso (bem difícil agora que o governo perdeu aliados);

  7. Chance remota, mas possível: Temer renunciar e Henrique Meirelles assumir a presidência com eleição indireta, o que agradaria muito investidores, nacionais e estrangeiros.

Como podem ver, é necessária toda uma combinação de fatores para o câmbio voltar a se aproximar dos R$ 3 no curto prazo. Consideramos bem difícil por enquanto. Talvez vejamos aos poucos o Real estabelecendo uma nova faixa de preços. Ex: entre 3.20 e 3.40. Mas tudo são hipóteses. Este novo momento faz aumentar bastante o grau de dificuldade para acertar previsões. A volatilidade será muito maior que nos últimos meses e as chances de acerto ficam reduzidas.

Não se enganem com a forte queda de hoje, achando que em mais alguns dias tudo volta ao normal. O que ocorre hoje é basicamente realização de lucros de investidores e empresas que ontem compraram posições, misturado a um mínimo de otimismo já que as provas contra Temer se mostraram menores do que pareciam ser.

Estas são as apostas que podemos fornecer em um grave momento político e econômico onde o país se encontra. Vamos torcer para que isto não venha a prejudicar ainda mais a população, já seriamente atingida desde o início da crise. Os mais pobres são os que mais sofrem.

Nota: aproveitando este post, considerámos válido trazer novamente um alerta a nossos clientes e leitores. Estes dias completamente atípicos de mercado, com oscilações completamente anormais no câmbio, trazem à tona novamente o oportunismo de alguns agentes que trabalham com venda de moedas ou transferências ao exterior. Ja é possível ver alguns afirmando que na véspera da quinta-feira "avisaram os clientes para realizar compra imediata", de certo modo mostrando que possuem algum tipo de diferencial exclusivo ou um conhecimento totalmente acima de seus concorrentes para informar o momento ideal de tomada de decisão para compra ou venda. Algo a ponto de até fazer pessoas se arrependerem de não serem clientes destas empresas. Cuidado. Estas afirmações nada mais são do que oportunismo APÓS o episódio. Fica fácil comentar na linha do "nós avisamos", se não há provas disso, se ninguém vai pedir pra revisar registros que provem que anteciparam o problema. Apenas falam e muitos acreditam, inclusive profissionais da imprensa. Não dê credibilidade a quem parece ter bola de cristal e fala muito mais de certezas do que de chances e probabilidades.

Nota 2: falando em oportunismo! Vocês, estimados leitores, têm alguma dúvida que não foi por acaso o posicionamento em dólar que a JBS fez ANTES de fechar delação premiada para lucrar com seus efeitos na mídia?

Tenham todos um bom fim de semana.

Att

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime Câmbio Inteligente.

#pânico #comprardólar #esperooucomprodólar #câmbio #circuitbreaker #MichelTemer #JBS #escândalopolítico #chancedenovasaltasnocâmbio #euro #libra #eleiçãoindireta #diretasjá #reformas #renunciadetemer #bancocentral #swapscambiais

48 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Câmbio on-line. Cotações em tempo real!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify