• Gustavo Candiota

Atenção! Cédulas de dólar com desgaste podem ser rejeitadas na Argentina.

Atualizado: Mar 3


Ocorreu recentemente com um de nossos clientes, em um free shop de Buenos Aires. Na hora de pagar suas compras no caixa, uma das cédulas estava levemente desgastada. Mesmo sendo do modelo novo, anti-falsificação, a resistência da loja foi muito grande em aceitar. Somente após muita reclamação e chamar o gerente, foi dado o ok para utilização.

Veja abaixo como era a cédula.

Dolar com desgaste

Parece perfeita? Não consegue encontrar o desgaste? Veja melhor no zoom abaixo.

Dólar com desgaste

Como pode o estabelecimento não ter aceito? Está melhor do que a maioria do dinheiro que todos nos guardamos em nossas carteiras no dia-a-dia, não?

Sob nossa análise, podem ser dois os motivos para esta resistência em aceitar a nota acima: 1) implicância e/ou 2) falta de conhecimento do atendente.

Por que implicância?

Desde que Macri assumiu a presidência e soltou o câmbio para flutuante, o mercado paralelo (doleiros) perdeu força e a economia Argentina está agora preferindo sua moeda local, o peso argentino.

Por que falta de conhecimento?

Acredite se quiser: apesar de a cédula da foto ser extremamente nova e com recursos contra falsificação, muitas pessoas que trabalham em caixas, iniciantes pelo menos, nunca a viram. Ela já está circulando a mais ou menos 5 anos no mercado, mas ainda assim pessoas em início de carreira pegam e estranham. É colorida, diferente, chegam a pensar que é de brinquedo, uma gozação do cliente. Muitos olham com estranheza. Por isso chamar o gerente acaba sendo a solução.

Com base no ocorrido recentemente e nos motivos explicados, nossa sugestão é: leve peso argentino para a Argentina. Por mais que seja um pouco mais caro (hoje em dia pouca diferença) haverá menor risco de problemas.

Tenham todos uma ótima semana.


76 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Blog do Cambio new logo.png
Inscreva-se no Canal YouTube da Câmbio Inteligente