• Gustavo Candiota

Chance de Lula ser solto. O que pode acontecer com o câmbio?


No dia 26 de junho, teremos novo julgamento do STF que pode anular a decisão de prisão para condenados em 2a instância, o que concederia liberdade ao ex-presidente Lula, preso há mais de 2 meses. Diante dessa possibilidade, o mercado já reagiu negativamente, pois vê ampliadas as chances de que um candidato de esquerda vença as eleições, mesmo que este não seja o petista.

"Como assim? Lula solto e não seria ele o candidato presidente?"

Pois é! Sua liberdade não significa caminho aberto automático para o pleito, devido à lei da ficha limpa que ainda pode impedi-lo de aparecer nas urnas. MAS... ele poderia no mínimo voltar à público para fazer discursos, comícios, videos para viralizar nas redes sociais, e declarar apoio formal a outra pessoa, que faria seus votos migrarem imediatamente.

Então vamos lá: dada a situação política atual, vemos três cenários possíveis para o curto prazo.

Antes disso, vale um destaque: É importante informar que, mesmo com decisão favorável a Lula no dia 26, existe chance de recurso imediato do Ministério Público, o que faria a decisão ser encaminhada para a Presidente do Supremo, Carmen Lúcia, e com isso provavelmente teríamos a reversão da decisão do colegiado, ou seja, Lula continuaria preso. Isso traz a hipótese de os ministros, para não passarem por constrangimento, nem julgarem o tema, mesmo que entre os votantes exista maioria declarada contra prisão de condenados antes do transitado em julgado. Também traz chance de altíssima volatilidade.

Cenários:

1) Segunda turma do STF MANTÉM decisão sobre condenados em 2a instância, o que traria alívio a investidores e consequentemente ao dólar, fazendo a divisa recuar já que Lula nem conseguiria se manifestar publicamente; CHANCE MODERADA

2) Segunda turma do STF ALTERA decisão sobre condenados em 2a instância, livra Lula e gera tensão a investidores e ao mercado financeiro em geral, fazendo o câmbio disparar; CHANCE BAIXA

3) Segunda turma do STF ALTERA decisão sobre condenados em 2a instância, mas mesmo com a tensão do mercado, o comportamento do câmbio não muda pois já poderia estar precificado, após tantas altas nas últimas semanas. CHANCE MODERADA

É valido destacar ainda que no meio de tudo isso, pode o Banco Central voltar a atuar com força no câmbio para controlar o pânico (ou euforia), gerando oportunidades aos mais atentos. Mas cabe reforçar que se o movimento for de saída de capital, nem a autarquia conseguirá conter a tendência, apenas desacelerar um pouco. CHANCE ALTA

Para quem está com viagem marcada, o que fazer? Depende da opinião de cada um sobre qual dos cenários acima deve acontecer. Se você acredita que é o 1 ou 3, espere. Se você acredita que é o 2, compre seus dólares, euros ou libras e esqueça o assunto. Se o seu embarque está muito distante e não deseja se preocupar com tanta oscilação: invista o dinheiro em um fundo cambial e aguarde chegar a semana da viagem para então comprar a moeda.

Tenham todos uma boa semana.

Att

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime Câmbio Inteligente

#chancesdeLulasersolto #dólarcomlulalivre #comprodolarouesperodia26 #comproeurosouespero #câmbiocomlulapresidente #câmbiocombolsonaropresidente #câmbiocomcirogomes #quandoodolarvaicair #odolarpodesubirmais #dólara4reais #quandocomprardólares #viagemaoexterior #segundaturmadosupremo #decisãoSTFcâmbio #opiniãosobredólar

128 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Câmbio on-line. Cotações em tempo real!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify