• Gustavo Candiota

Alerta para quem possui ou precisa comprar Libra Esterlina


Após o polêmico e apertado referendo em junho de 2016 e extenso processo do Brexit que transcorre até hoje no Reino Unido, os países envolvidos se aproximam de uma espécie de "dia D" para definir se haverá a separação do bloco comum europeu ou não ao final de março deste ano. Alias, até poucos meses atrás não parecia haver qualquer dúvida quanto a isso. Causa surpresa, na verdade, o boato de que tudo pode ser desfeito.

Muitas dúvidas e informações desencontradas ainda ocorrem nos bastidores políticos. Alguns ministros com opiniões totalmente distintas das tratativas com a União Europeia pediram demissão. Enfim, o clima é bastante tenso. Muitos questionamentos: 1) Como ficam os direitos dos cidadãos britânicos que trabalham em outros países e vice-versa; 2) Período de transição longo para definição de questões comerciais, que trazem apreensão para empresários; 3) Uma conta de 39 bilhões de libras a ser paga ao bloco; 4) A questão da Irlanda do Norte. E por aí vai. Não há como não gerar controvérsias, revoltas e até protestos. Em um cenário mais remoto: até conflitos armados. Já imaginaram?

Theresa May e a Libra esterlina - one pound