• Gustavo Candiota

Reforma da previdência pode virar pizza?

Atualizado: 19 de Dez de 2019


Quando falamos de Brasil, até o que já é dado como 100% certo, garantido, "transitado em julgado", óbvio, sem qualquer dúvida, ... pode não ser tão certo assim. No fim das contas, nossos políticos podem surpreender e trazer incredulidade até para para os maiores pessimistas do país. Do que estamos falando? Sobre a tramitação da Reforma da Previdência no Senado. Etapa que parecia ser a mais tranquila e rápida após tantos capítulos intermináveis na Câmara dos Deputados. Só parecia.

Enquanto a população e os portais especializados passaram a se preocupar com outras coisas, principalmente do exterior, a enrolação entre os senadores por aqui persiste. Adiamentos, discussões, mais adiamentos. Desculpas por todo lado, chantagens, ameaças. A preocupação de analistas e grandes players que pensam em trazer capital de volta para o Brasil começa a aumentar. Será que tudo vai virar pizza?

Calma. Provavelmente não. A votação deve ser concluída até final de outubro.

Mas a procrastinação já está começando desanimar investidores. Há chance de mais desidratação no texto, ou seja, menos economia para o governo. E o reflexo aparece rápido no câmbio. Tudo isso combinado com clima bastante desfavorável lá fora em meio à Guerra comercial EUA x China, desaquecimento econômico na zona do euro, riscos de recessão global... gera fuga do risco. E por aversão ao risco a tradução é: proteção em dólar (ou ouro). Resultado imediato: valorização da divisa norte-americana.

Ao escrever este post, estamos próximos de ver o preço do dólar comercial renovar seu recorde de fechamento desde a criação do plano Real (neste momento: 4.1858). Algo que não prejudica apenas viajantes internacionais, mas traz risco de inflação no médio prazo e prejudica diversos setores com dívida em moeda estrangeira, assim como empresas que dependem de produtos importados para trabalhar. De positivo: setor exportador cresce e balança comercial melhora, só que um ponto de equilíbrio é fundamental para a economia crescer de maneira sustentável.

Já estamos bastante repetitivos, mas não custa falar novamente o que estamos alertando desde início de agosto: proteja-se. Realize hedge cambial. Compre sua moeda se a viagem está próxima. Encerre as rezas e búzios por uma queda no dólar/euro/libra que nunca chega. Abandone a torcida e use a razão: o momento é outro agora, o cenário está para cautela. Fazendo uma analogia: estamos passando por um período de andar apenas de Carrosel e não de montanha-russa.

Tenham todos uma boa quarta-feira.

Att

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime Câmbio Inteligente

#comprodólarouespero #opiniãocâmbiomoeda #dólaremalta #chancequedadólar #eurobarato #guerracomercial #reformadaprevidência #pizza

18 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Câmbio on-line. Cotações em tempo real!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify