• Gustavo Candiota

Agravamento da Pandemia no Brasil: Real mais fraco.

Atualizado: Mar 19

Quando a gente pensa que o inferno ficou pra trás, ele volta e aumenta a temperatura. Sim, o que muitos temiam aconteceu. Pela irresponsabilidade de milhares no verão, principalmente durante o feriado de carnaval, que, aliás, deveria ter sido revogado pela União, mesmo que no simples intuito de passar um "recado" aos jovens. Não aconteceu. E as festas rolaram soltas. Clandestinas.

Resultado? Após se amontoarem nas praias, quando voltaram, infectados, para suas cidades de residência, disseminaram de maneira simultânea o covid-19 no país inteiro. Não por acaso, todas os estados estão com seus sistemas de saúde colapsando quase ao mesmo tempo. Somado a isso, vivemos num momento em que mutações mais contagiosas do coronavírus circulam. É a tempestade perfeita. A fórmula da tragédia.




Omissão de governantes no verão + brasileiros irresponsáveis = maior número de mortes diárias do mundo (12/03/2021).


Caos nos hospitais, mas também na economia. Com lockdowns cada vez mais iminentes, o Brasil segue perdendo credibilidade perante investidores estrangeiros, que zeram posições por aqui e vão embora, sem data pra voltar. Menos dólares aqui, o câmbio sobe.


Enquanto nosso processo de vacinação não escalar, dificilmente veremos o dólar cair com força. Pelas nossas pesquisas, atualmente os grandes players internacionais estão mais preocupados com a Pandemia do que com o risco fiscal ou político.


Portanto, se você "está esperando pra ver se o dólar cai um pouco", torça primeiro para o número de vacinados subir. Muito.


Bom fim de semana a todos e se cuidem. Máscara, álcool em gel e distanciamento.



36 visualizações0 comentário
Blog do Cambio new logo.png
Inscreva-se no Canal YouTube da Câmbio Inteligente