• Ney Martini

Call de Mercado - 10 de Agosto

Bom Dia,

Semana carregada.

Semana Passada

Praticamente toda valorização do real do mês de julho foi devolvida semana passada. Sexta-feira a taxa fechou em alta de 1,1%, à R$ 5,4145, sendo que na semana a alta do dólar foi de 3,8%. É a maior taxa desde 30 de junho e o real figurou entre os piores rendimentos de todas as moedas emergentes. Na B3, a moeda fechou à R$ 5,4445 (+1,99%).

Mínima: R$ 5,235

Máxima: R$ 5,438



Foi semana de Payroll mais forte (criação de 1,763 milhões de postos de trabalho), de dados de sondagens empresariais melhores do que o esperado (ISM), de corte de Selic (e sinalização de que nossa taxa de juros vai continuar baixa por um longo período), do não fechamento do acordo de extensão de ajuda aos desempregados norte-americanos, de saldo da balança comercial brasileira bastante positiva (US$ 8,1 bilhões em julho) e do aumento das tensões EUA x China (desta vez contra as empresas chinesas TikTok e Wechat).

O Ibovespa fechou com 102.775 pontos, queda de 1,3% no dia e de 0,13% na semana.

Final de Semana

O Presidente americano assinou ordens executivas prorrogando os benefícios de auxílio-desemprego da pandemia, uma vez que não se chegou a um acordo no Congresso (e hoje começa o recesso parlamentar). Entre as medidas, estão a continuidade no pagamento de US$ 400/semana aos desempregados (antes era US$ 600) e o adiamento do recolhimento de impostos sobre a folha de pagamento de setembro até o final do ano para salários de até US$ 8.000/mês.

É a eleição americana chegando... Ao assinar o decreto, Donald Trump disparou contra os democratas, acusando-os de quererem fraudar as eleições ao não aceitar negociar o pacote. E depois já prometeu, caso ganhar as eleições, baixar impostos...

Esta Semana

A agenda será carregada.

Nos EUA teremos dados de inflação, vendas no varejo e produção industrial. Na zona do euro, sairão a produção industrial e emprego do 2T. Na China, o destaque é a divulgação dos dados de atividade de julho (vendas no varejo, produção industrial e investimento).

Por aqui teremos a ata do Copom na terça, dados de atividade econômica (PMC – Pesquisa Mensal do Comércio) na quarta, IBC-Br, pesquisa mensal dos serviços (PMS), IGP-10, IGPM, Pnad.

Abertura

Na China os mercados fecharam em alta, com sinais de recuperação econômica. Os futuros de NY sinalizam uma abertura pra cima, mas com ganhos ainda modestos. As bolsas europeias exibem ganhos, também modestos.

No mercado de moedas o dólar ainda exibe forças frente às moedas de países emergentes, mas opera estável frente ao rublo russo e à rúpia indiana. Por aqui, a continuidade da pandemia (em níveis altos), as questões fiscais e o pacote tributário deverão ser manchetes, e o real deve abrir pressionado.

Boa Semana a Todos!


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#payroll #china #inflacao #donaldtrump

3 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Câmbio on-line. Cotações em tempo real!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify