• Ney Martini

Call de Mercado - 10 de Julho

Atualizado: Jul 13

Bom Dia,

Ontem tivemos outra sessão volátil. Hoje o dólar se valoriza contra as moedas EM!

Mercados

O dólar fechou perto da estabilidade, aos R$ 5,338 (-0,21%), depois de bater na mínima de R$ 5,247 (-1,90%). Na máxima foi à R$ 5,3790 (+0,60%). Praticamente todas as moedas EM caíram, mas por aqui a oscilação foi acentuada. E não tivemos nenhum evento que justificasse tal movimento.

Segundo um estrategista, “é natural que se tenha oscilações após uma recuperação como houve. O mercado está sem direção, dividido sobre a reabertura da economia e os estímulos de um lado, e a preocupação com a pandemia do outro”.

O Ibovespa não segurou os 100 mil pontos e fechou com 99.160 pontos (-0,61%).

Pesou nos mercados ontem notícias vindas dos EUA: revés de Trump na Suprema Corte quanto as suas contas (imposto de renda) e casos recordes de Covid-19.


Volatilidade

Essa palavra virou moda, todos os dias estamos ouvindo falar nela. Vejam o gráfico abaixo, mostrando um real mais ‘nervoso’ que as nossas moedas pares:



...quanto mais alto o número, pior. Isto é sinal que a moeda oscila muito. Historicamente, ele ficava na faixa do 10% - 15%. Hoje é 27,46% (linha laranja).

Além de ouvirmos falar bastante dela, o Banco Central admite que está analisando o tema: “tem algo diferente acontecendo com relação à volatilidade do câmbio, ela está bastante elevada, e um aumento grande de contratos pequenos (na B3, Bolsa de Dólar Futuro). Estamos tentando identificar a causa desse movimento e em que sentido é eficiente ou não. Estamos tentando entender...”, disse na semana passada o diretor de política monetária da instituição, Fábio Kanczuk. E nesta semana o presidente do BC, Roberto Campos, disse que por enquanto segue monitorando e que as atuações da entidade continuarão da mesma forma (leilão de linha, de swap reverso e no mercado à vista).

Uma sugestão levantada por alguns para inibir esse movimento seria a ‘venda de volatilidade’, através de contratos de opções. No entanto, esse instrumento pode ser considerado complexo (embora alguns países emergentes já o façam).

Por enquanto vamos continuar assistindo e falando nisso...

Hoje

As bolsas chinesas fecharam em queda e os futuros de NY apontam para uma abertura pra baixo. As europeias operam pra cima influenciadas pelo setor de tecnologia. Praticamente todas as moedas EM caem frente ao dólar, e este movimento deve influenciar a abertura por aqui.

É dia de IPCA (índice importante para a formação da Selic, sai às 9h), IPC-Fipe e IGP-M. Bacen faz leilão de US$ (ração diária de US$ 600 milhões). Nos EUA teremos PPI (inflação ao produtor, às 9h30). Agenda tranquila...

Bom Final de Semana!

Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#volatilidade #real #dolar #moedasEM

20 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Câmbio on-line. Cotações em tempo real!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify