• Ney Martini

Call de Mercado - 13 de Julho

Bom Dia,

Semana carregada, mas abertura tranquila.

Dólar na Semana Passada

Sexta-feira a moeda fechou à R$ 5,3210 (-0,35%), e tivemos outro dia com bastante oscilação. Aliás, tem sido assim ultimamente, uma legítima montanha-russa. Abrimos a segunda-feira com R$ 5,290, na máxima bateu R$ 5,395 e na mínima R$ 5,2575. Vejam o gráfico:



Se olharmos a abertura e o fechamento da semana, parece que as coisas foram calmas, mas no intraday vimos que elas não foram bem assim. O Banco Central tem sido questionado sobre a forte volatilidade do dólar localmente e, por enquanto, segue o baile... (não há nada de novo no front).

O mundo segue de olho na pandemia, principalmente com o recrudescimento do número de casos nos EUA, e os ativos não demonstraram uma direção clara. Não foram divulgados dados muito relevantes no exterior, e por aqui as coisas foram relativamente tranquilas (destaque para as vendas ao varejo, que vieram muito acima das expectativas). No final, preponderou o otimismo com notícias sobre um possível tratamento da doença e também com a vacina (que deve sair até o final deste ano).

Saindo do dólar, destaque para o Ibovespa, que fechou nos 100.031 pontos (+0,88% na sexta, +3,38% na semana). Lá fora, o Nasdaq bateu novo recorde histórico (já subiu 18% neste ano) e o S&P fechou em alta de 1,05% na sexta.

A semana

Lá fora começarão a ser divulgados os resultados semestrais (Citibank, JP Morgan, BofA, Wells Fargo, Pepsi). Teremos produção industrial, vendas no varejo e Livro Bege nos EUA, reunião do BCE, da Opep (quarta-feira) e vários índices chineses (PIB e balança). Será bastante cheia.

Hoje

Mas hoje a agenda é fraca. O mercado de ações asiático abriu a semana em alta: na China os índices fecharam em alta consistente por conta de expectativas de melhoras nos resultados das empresas; no Japão, o Nikkei fechou com +2,22%. O futuros americanos operam em alta, mesmo tendo-se registrado mais de 60 mil casos de coronavírus por três dias seguidos. As bolsas europeias operam pra cima. No mercado de moedas EM, a maioria oscila perto da estabilidade, ainda sem direção definida, e a abertura do real deve ser tranquila por aqui. Os ativos de risco estão fortalecidos, e segue o bom humor dos mercados com a retomada das economias e esperanças com a vacina.

Boa Semana,


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#riskON #vacina

9 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Remessas expessas. Batemos a #transferwise !
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify