• Ney Martini

Call de Mercado - 14 de Julho

Atualizado: Jul 15

Bom Dia,

Não tem nada definido!

Mercados Ontem

Tivemos dois tempos bem distintos: no primeiro, os ativos comportavam-se razoavelmente bem e digeriam as boas notícias do mundo corporativo, onde os balanços que estavam sendo divulgados vinham com números melhores do que o esperado, e também por conta de novas vacinas contra a Covid-19. O Ibovespa chegou a subir 0,83% (100.857 pontos) e o dólar operava perto da estabilidade, na faixa dos R$ 5,335 – R$ 5,370. Mas no segundo tempo, ali pelo meio da tarde, a coisa desandou: a bolsa perdeu os 100 mil pontos e fechou aos 98.697 pontos (baixa de 1,33%) e o dólar fechou na B3 à R$ 5,403 (mais cedo, no mercado spot, fechou em R$ 5,3885, +1,25%).

A mudança de rumo deu-se após a divulgação de dados preocupantes de casos de Covid-19 nos EUA. Na California (representa 15% do PIB americano), o governador ordenou o fechamento de vários estabelecimentos e a Florida anunciou o fechamento do comércio após o anúncio de mais de 15 mil novos casos da doença (lembrando, os parques da Disney voltaram a operar neste final de semana).

Como afirmou o JPMorgan: cautela em meio a mercados frágeis!

Hoje

As bolsas na Ásia já fecharam pra baixo, reagindo ao noticiário de ontem e também por um aumento nas tensões militares com os americanos (disputa no Mar da China). As europeias caem (números divulgados vieram abaixo das expectativas), mas os futuros de NY tentam se manter em campo positivo. O sentimento é de que os investidores estão de olho nos balanços que serão divulgados (Citi, Wells Fargo, JPMorgan) para terem pistas sobre os lucros corporativos anuais. Como afirmou um gestor: “nós estamos marginalmente fora do risco, influenciados pelo mergulho de ontem nos EUA”. As moedas pares do real operam sem direção única, mas tentam pegar carona com a aparente abertura tranquila nos EUA. O real, que ontem se destacou como a moeda que mais perdeu valor frente ao dólar, segue pressionado (é moeda de hedge, dada sua liquidez).

Hoje será dia de IBC-Br por aqui (PIB, sai às 9h). Lá fora, dia de balanços corporativos e de dados de inflação.

Bom Dia a Todos!

Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#novoscasos #disney #riskOFF #california #florida

0 visualização

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify