• Ney Martini

Call de Mercado - 18 de Março

Bom Dia,

Ontem o dólar operou no intervalo R$ 4,96 – R$ 5,085 e fechou na faixa dos R$ 5,00. A queda por aqui foi de 1,10%, e o movimento frente às moedas emergentes não foi igual (a divisa norte-americana subiu frente ao rublo russo e ao peso mexicano mas caiu frente as outras). O Ibovespa subiu 4,85% e fechou aos 74.617 pontos. Lá fora os ativos também se recuperaram, e as bolsas americanas fecharam com altas expressivas (acima dos 5%).


O alívio veio com as ações dos bancos centrais mundo a fora para amenizar os efeitos do Covid-19: o Fed irá comprar comercial papers (dívidas de curto prazo que as empresas emitem sem garantias), na Inglaterra veio um pacote de ajuda a empresas e trabalhadores de US$ 400 bilhões, na Espanha o auxílio será de EUR 200 bilhões, e por aí vai....No Brasil, foi anunciado uma ajuda de R$ 147 bilhões para combater os impactos da doença.


Ainda por aqui, o governo está pedindo ao Congresso o reconhecimento do ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA. Isto possibilita o descumprimento da meta fiscal.


E já tivemos duas mortes confirmadas pelo coronavírus!


“A pandemia do coronavírus colocou o mercado em compasso de espera pelo efeito que teve em preço de ativos — juros, bolsas de valores e moedas — no mundo inteiro. Em um processo iminente de um investimento, será preciso reavaliar à luz das novas condições”, afirmou Ricardo Guimarães, presidente do BNP Paribas no Brasil. E sobre a taxa de câmbio, “com o real mais fraco em relação ao dólar, o preço do ativo fica mais barato. Mas muitos projetos têm taxa de retorno em reais, que também será menor”, afirmou.


E finalmente hoje teremos a decisão do Copom sobre nossa nova taxa de juros. Diante de um cenário extremamente deteriorado, a decisão não deverá ser fácil e as apostas vão desde uma queda de 50 pontos base até 100 pontos (taxa hoje é de 4,25%aa). Juros baixos servem para incentivar a economia, mas por outro lado pode trazer inflação (e o dólar está alto). Lembrando, nos EUA o Fed baixou a taxa em uma reunião extraordinária no domingo para o intervalo 0 à 0,25%aa. A decisão sairá às 18h.


Também hoje teremos mais um leilão de linha do Bacen, valor de US$ 2 bilhões (venda com recompra).


E não deveremos ter um dia fácil hoje: as bolsas asiáticas fecharam em baixa, os futuros de NY operam bastante pressionados (baixa de 3%), assim como as bolsas europeias. As moedas emergentes desvalorizam-se fortemente frente ao dólar, com o rublo e o peso mexicano liderando as perdas (produtores de petróleo).


Uma Boa Quarta-feira a Todos!


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos


Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #dolarrecorde #commodities #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19 #riskOFF #panico #bacen #donaldtrump #Europa #VIX #tempossombrios #panico #lockdown #circuitbreaker #calamidadepublica

1 visualização

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Chip intenacional compatível com +200 países!

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente. Atendemos todo o Brasil. Fone / Whatsapp: (51) 4042.3838

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify

Patrocinam nossos conteúdos

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 51 assinantes