• Ney Martini

Call de Mercado - 2 de Março

Atualizado: Mar 5

Bom Dia,

O mês de fevereiro foi o legítimo mês para se esquecer. A preocupação com o coronavírus fizeram com que os mercados tivessem uma das piores sequências de queda da história. Em NY, as bolsas registraram na semana passada a maior e mais intensa queda dos últimos tempos, superando as crises de 2000 (bolha de tecnologia) e de 2008 (financeira): em apenas seis sessões, os pregões americanos  perderam mais de 10%. O índice VIX (que representa o medo) teve uma alta de 115,36% no mês, e agora está em 38,84 pontos...E no mercado de dólar, por aqui tivemos intervenções do Bacen nas três últimas sessões do mês, tanto é que na sexta-feira a oscilação foi de apenas +0,10% e a moeda encerou à R$ 4,4810 (nova marca histórica. No intraday bateu nos R$ 4,514).


Não tem muito o que falar...


Vejam como ficou o ranking de aplicações no mês:


E vejam como ficou o ranking do dólar frente às principais moedas EM:


Agora, tentando um ‘looking ahead’, segundo o economista Alexandre Schwartzman (ex-diretor do Bacen), “ninguém tem a menor idéia do impacto do coronavírus sobre a economia. A revista ‘Economist’ trabalha com 3 cenários: quedas de 0,5% do PIB mundial (impacto leve), 2,0% (intermediário) e de até 4,5% (devastador)”. Ele continua: “um efeito que estamos vendo é de uma queda pela demanda de matérias-primas. Todas as moedas que não o dólar americano sofrerão daqui pra frente. Nada que tenha risco está valendo, e este é o caso do real, fortemente atrelado à commodities”.


Em meio a este cenário, voltaram as chances de novos cortes da Selic e também dos juros pelo Fed. Segundo Jerome Powell, “o Fed vai agir apropriadamente para dar suporte à economia”. Ele admitiu que a epidemia representa um risco para a atividade econômica e que o Fed está monitorando seus desenvolvimentos”. E por aqui fala-se em cortes na taxa Selic já na próxima reunião do Copom (17 e 18 de março), onde a taxa poderia baixar dos 4%.


Hoje os mercados acionários asiáticos se recuperaram um pouco ante a expectativa de novos estímulos. A alta na China foi de mais de 3%. Ontem o governo americano tentou acalmar o pânico do mercado com o coronavírus, dizendo que houve exagero na reação pública e que as bolsas devem se recuperar devido à força da economia do país.  Os futuros de lá operam estáveis. Já as bolsas da Europa operam no negativo.


No mercado de moedas emergentes, o dólar ganha valor frente à maioria delas, embora sem muita intensidade (a moeda americana só se desvaloriza frente ao ZAR sul-africano. Nas demais, opera em alta média de 0,2%, exceção ao caso mexicano, que perde 0,8% - o MXN cai).


A vida segue, e para a semana deveremos acompanhar dados o PMI americano (hoje às 12h), ADP na quarta (variação de empregos privados, 10h15) e Payroll na sexta (10h30. Olho nele!!!). Por aqui sai o PIB amanhã, o IPC na quarta, e o PMI composto também na quarta.


Desejamos a Todos uma Ótima Semana!


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS


35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos


Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pibMundial #pandemia #corteSelic #jurosEUA #dolarrecorde #balancacomercial #commodities #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate

0 visualização

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify