• Ney Martini

Call de Mercado - 20 de Julho

Bom Dia,

Semana Passada

Foi uma semana relativamente tranquila, mas ainda assim tivemos uma certa volatilidade na taxa de câmbio nas operações ‘intraday’ (dentro do mesmo dia). Observou-se um moderado aumento das operações de risco (bolsa e moedas). Vejam o comportamento do dólar no período:

Abertura: R$ 5,350

Mínima: R$ 5,3075

Máxima: R$ 5,450

Fechamento: R$ 5,3805


Dentre as notícias, tivemos preocupações com o avanço da Covid (nos EUA principalmente) e muitas incertezas quanto à retomada da economia mundo afora. Por outro lado, foram anunciados diversos avanços relativos à vacina. Localmente, um desentendimento entre o governo e o Congresso à cerca do novo marco do saneamento trouxe alguma preocupação, mas tudo terminou bem.

Na sexta a alta do dólar foi de 1,10%, e mais uma vez o real foi a divisa com o pior desempenho global, sem um motivo aparente. Sabe-se que a moeda é utilizada para operações de hedge de proteção das carteiras (de ações e juros no caso. O mercado compra bolsa e, ao mesmo tempo, compra dólares para reduzir o risco de incertezas), e que tende a ser assim já que é uma moeda bastante líquida. E o Bacen segue estudando a oscilação da moeda...

Neste mês, a moeda parece estar presa ao intervalo R$ 5,27 – R$ 5,45



Já o Ibovespa teve um ganho semanal acumulado de 2,86%, amparado principalmente na expectativa da retomada da agenda de reformas (privatizações, concessões e reforma tributária).

Hoje e Esta Semana

Hoje na agenda não teremos nada de relevante. As bolsas asiáticas fecharam sem direção única (mas China +3%) com novas sinalizações de incentivos governamentais. As europeias oscilam à esperada de novas decisões de incentivo, e os futuros de NY caem um pouco. As moedas EM ganham algum espaço frente ao dólar, mas nada em destaque. Seguindo este bloco (e não vamos considerar a volatilidade interna), o real deverá abrir de lado por aqui, mas sensível às questões internas (Congresso, Covid e reformas).

Para a semana a agenda internacional é fraca, com destaque para o PMI da zona do euro (quinta-feira) e da venda do número de casas nos EUA (também na quinta). Por aqui sairão dados de arrecadação tributária pela RF e dados de atividade econômica pela FGV.

Tenham uma Boa Semana!


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#intraday #reformas #incentivos #china



6 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Remessas expessas. Batemos a #transferwise !
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify