• Ney Martini

Call de Mercado - 26 de Maio

Bom Dia,

Dólar nas mínimas e bolsa nas máximas!

Ontem

Mesmo com o feriado em Londres e em NY, o dólar caiu forte no mercado local e fechou à R$ 5,458, uma queda acima de 2%. Nas mínimas do dia, chegou a bater nos R$ 5,444. Já a bolsa subiu incríveis 4,25% e fechou com 85.663 pontos. Foi a menor cotação do dólar desde o final de abril e a maior alta do Ibovespa desde 11 de março. Mas no mês o dólar ainda sobe 0,35%, e 36% no ano.

Além do externo favorável, o que ajudou neste movimento foi o afastamento da chance de impeachment de Jair Bolsonaro após a divulgação do vídeo da reunião ministerial que culminou com a saída de Sérgio Moro.

O Bacen vendeu os US$ 2 bilhões em leilão de rolagem de linha de dólares com compromisso de recompra e colocou todo lote de US$ 600 milhões de rolagem de swap (ração diária). O real foi destaque entre praticamente todas as moedas, isto é, foi a que mais se valorizou frente ao dólar.

Apesar do feriado lá fora, os futuros de NY operaram em alta e as bolsas europeias (fora Londres) exibiram ganhos acima de 2%.

Boletim Focus

Vejam o Focus desta semana: a previsão de dólar para o final do ano passou para R$ 5,40.



Mais projeções

O Commerzbank já começa a prever um real mais baixo. Eles acham que a moeda pode testar níveis de suporte entre R$ 5,25 e R$ 5,35 e, caso passar por eles, buscar os R$ 5,00.

Mercados Hoje

Lá fora segue o tom otimista visto ontem: as moedas emergentes (e pares do real) seguem recuperando terreno frente ao dólar, com altas até bastante consistentes. Contra o peso mexicano (MXN), por exemplo, o dólar cai mais de 1,5%, e contra o ZAR (África do Sul) a queda do dólar é acima de 1%. As bolsas chinesas fecharam em alta (na expectativa de mais incentivos por parte do governo), as europeias operam em alta consistente e os futuros de NY continuam exibindo altas robustas (perto dos 2%).

O que está conduzindo os mercados hoje são novas notícias de tratamento da Covid-19 (agora pela Novavax), o Japão voltando totalmente à normalidade e resultados acima do esperado na economia da Alemanha.

É mais um dia de RISK ON, mas de olho nas ameaças dos EUA contra a China. Por aqui, passamos por um capítulo da crise do governo com a PF, mas a novela ainda não terminou. E a imagem do nosso país segue feia lá fora...

Na agenda, tem IPCA, saldo da balança comercial e IDP (investimento direto). Lá fora, teremos o índice de atividade nacional de abril (Fed/Chicago), Conference Board e vendas de novas casas.

Saúde a Todos!


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#riskON #boletimFocus #dolaremqueda

0 visualização

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify