• Ney Martini

Call de Mercado - 27 de Agosto

Bom Dia,

Hoje é dia de Powell.

Mercados Ontem

Mais um dia de 10 centavos de oscilação do real. Mesmo em um ambiente relativamente tranquilo lá fora, a nossa moeda fechou em alta de 1,50%, aos R$ 5,615, depois que o presidente Jair Bolsonaro ‘suspendeu’ o envio ao Congresso da proposta referente ao Renda Brasil (programa que substituirá o Bolsa Família). Para piorar as coisas, mais tarde descobriu-se que o presidente deu prazo até a próxima sexta para que seja apresentada uma nova proposta: isso foi encarado como um ultimato à equipe de Paulo Guedes e houve até desmentido do Ministério da Economia sobre o pedido de demissão do ministro. O real foi, mais uma vez, a moeda que mais caiu.

O Ibovespa também sentiu o tranco, e fechou com 100.627 pontos, em baixa de 1,46%. Na mínima chegou à 99.359 pontos.

Lá fora as bolsas americanas explodiram, puxadas por ações de tecnologia: S&P +1,02%, Nasdaq +1,73%, DJ +0,30%.

Moedas Emergentes

Segundo o WSJ (Wall Street Journal), a queda das moedas emergentes não mostra sinais de reversão, mesmo com o dólar não tendo um bom ano se comparado às moedas de países mais fortes. Um dos fatores apontados está no preço das commodities, que caíram e não mostram sinais de recuperação enquanto as economias dos países desenvolvidos não voltarem a crescer (não se esqueçam da regra: commodities em alta = real em alta = dólar em baixa). E vejam pelo gráfico abaixo que, somado a isso, o nosso real foi quem mais sofreu neste ano (é quem mais se desvalorizou): é o preço do stress político (e fiscal).


Jackson Hole

Hoje o mercado deverá acompanhar o discurso Jerome Powell (presidente do Fed) no tradicional encontro de política econômica global de Jackson Hole (EUA). Ele deverá falar sobre a perspectiva econômica e o futuro da política monetária diante de indicadores contraditórios da economia americana. Não se esqueçam dos estragos que o Fed fez semana passada ao citar em ata o nosso real (sofreu forte desvalorização neste ano) e o impacto no preço das commodities (vejam Moedas Emergentes acima).

Hoje

Como já destacamos, teremos o discurso de Powell (10h10) e os mercados costumam acompanhar de perto. Até lá, os players costumam não se posicionar (operam em modo HOLD). Também será importante acompanhar a divulgação do PIB trimestral americano (9h30), e os pedidos de auxílio-desemprego (também 9h30). E tem o furacão Laura chegando no Texas (um estado que é grande produtor de petróleo). Por aqui, tem Caged (emprego) às 11h.

Não há muito apetite para os ativos de risco e os futuros de NY, bem como as bolsas europeias estão em baixa (não muito acentuadas). As moedas EM operam sem direção única. A abertura do real deverá respeitar, além do cenário externo (e eventos acima mencionados) as questões políticas locais (Paulo Guedes e sinais do governo com o comprometimento do teto fiscal).

Bom Dia a Todos!


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

36 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#moedasemergentes

4 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Câmbio on-line. Cotações em tempo real!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify