• Ney Martini

Call de Mercado - 3 de Junho

Bom Dia,


US$ tem a maior queda diária desde Junho/2018



Mercados Ontem


O dólar encerrou à R$ 5,2115, uma queda de 3,25%. Isso foi às 17h. Se olharmos a B3 (pregão eletrônico), onde o mercado opera até às 18h, a queda foi ainda menor, e fechou em R$ 5,2010. Lembrando, segunda-feira operamos na contra mão e o Bacen ofertou US$ 2 bilhões (e vendeu US$ 530 milhões) em dois leilões no spot para limitar a alta do dólar. Foi o resquício de um final de semana complicado no campo político.


Mas, diferentemente da segunda-feira, ontem seguimos o exterior e o real foi a moeda que mais se valorizou no mundo. O CDS, que mede o risco país, fechou à 254 pontos, menor nível desde 27 de março. O que está por trás deste movimento é simples: a retomada das economias e a diminuição das tensões comerciais (China está comprando mais soja dos americanos). Nos EUA o mercado ignorou os protestos das ruas (sociais) e por aqui caiu bem a decisão do ministro do STF, Celso de Mello, em negar o pedido de apreensão

do celular do presidente Jair Bolsonaro. Segundo operadores, o real está devolvendo os excessos...


Já a bolsa, que havia subido na segunda-feira, voltou a subir ontem e alcançou os 91.046 pontos (+2,74%), praticamente na máxima do dia. Resumindo o sentimento: “os países estão saindo da quarentena, há poucos sinais de uma segunda onda, e os dados da economia estão vindo melhores. Voltou a tomada de risco naqueles ativos que caíram muito na crise”. O Ibovespa está nas máximas dos últimos 3 meses.


Mais uma notícia boa: o petróleo, uma commodity que foi bastante castigada na crise, fechou ontem em uma nova alta de mais de 3%, beirando os US$ 40/barril. Petróleo em alta = real em alta = dólar em baixa.



Bancos


O economista-chefe do Bradesco, Fernando Honorato, acredita que as transações em conta corrente devem melhorar graças ao perfil das exportações brasileiras, basicamente de commodities. Além disso, ele afirmou que a maior parte da saída de capitais já aconteceu e que as empresas brasileiras estão muito mais protegidas do que em crises anteriores. Está começando a surgir um equilíbrio na taxa de câmbio, como a melhora das exportações e um melhor saldo em transações correntes. O banco trabalha com uma taxa de R$ 5,50 para o final deste ano e de R$ 5,00 para o ano que vem (projeções anteriores eram R$ 6,50 e R$ 6,00).


Já o Itaú trabalha com uma taxa de R$ 5,75 para o fim de 2020 e de R$ 4,50 para o final do ano que vem. Segundo a economista do banco, há um grande risco de saída de recursos devido ao descontrole fiscal ou a uma crise global ainda maior.



Covid no Brasil


Ontem reportamos 1.262 mortes e no total já são 31.199. A barreira dos 30 mil só foi ultrapassada pelos EUA (105.157), Reino Unido (39.369) e Itália (33.530). O dado em si preocupado muito, pois os especialistas afirmam que ainda não chegamos perto do pico... O número é pra lá de preocupante!!



Hoje


O PMI de serviços chinês voltou a crescer em maio mostrando que a economia se recupera: a leitura veio à 55 pontos, ante 44,4 em abril. No Japão o Nikkei fechou em alta de 1,29%. A Europa também divulgou seu PMI de maio: 31,9 frente à 13,6 de abril. As coisas por lá ainda andam devagar, mas o pior passou (50 mostra um crescimento). Nos EUA os futuros de NY exibem ganhos, sinalizando uma continuidade do ambiente de ganhos para os ativos de risco. Os índices europeus também estão em alta (acima dos 2%).


O bloco das moedas EM não andam na mesma direção: a divisa sul-africana e o peso mexicano continuam ganhando espaço frente ao dólar, mas a indiana, a russa e a turca perdem valor. A tomada de risco segue no radar (não está considerando os riscos políticos por aqui e nem os sociais nos EUA), o que deve favorecer a abertura no mercado brasileiro.


Na agenda tem mais PMI (agora dos EUA), relatório ADP de emprego às 9h15 (uma interessante prévia do Payroll, que sai na sexta), e por aqui sairão o IPC pela Fipe, produção industrial e também o nosso PMI. O Bacen realizará seu tradicional leilão de rolagem de US$ 600 milhões às 11h30.


Obs: ontem não tivemos Call de Mercado por problemas técnicos.


Muito Obrigado,



Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#dolaremqueda #ibovespaemalta #PMIEUA #RelatorioADP

0 visualização

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify