• Ney Martini

Call de Mercado - 4 de Março

Atualizado: Mar 5

Bom Dia,

O Fed (banco central americano) anunciou ontem um corte emergencial em sua taxa de juros. A última vez que tinham mexido na taxa numa reunião extraordinária, fora da reunião programada do Fomc, havia sido em 2008 (lembram da crise financeira?).


Em entrevista após o corte de 50 pontos base (agora está no intervalo 1% aa à 1,25% aa), o presidente da instituição, Jerome Powell, afirmou que a medida foi tomada porque o cenário para a economia americana mudou consideravelmente com a evolução do coronavírus, e que não está considerando novas medidas no momento além de cortes de juros.


E agora a pressão recai sobre os juros no Brasil. O Copom cortará os juros em sua próxima reunião?


Tão logo veio a anúncio da queda dos juros nos EUA, os ativos se valorizaram (bolsas caíram e o dólar também), mas uma segunda leitura devolveu todo otimismo: o que tem por trás dessa decisão do Fed? O que eu não estou sabendo?


O dólar operou segundo o gráfico abaixo, ou seja, uma abertura nos R$ 4,4840, uma mínima de R$ 4,4585 (12h55, pós decisão do Fed) e um fechamento aos R$ 4,5150. Mais uma vez, novo recorde!



Nossa moeda fechou na contramão do mercado. Segundo ‘players’, novas reduções da taxa Selic por aqui reduzirão o apetite pelo real. Lembrando, já perdemos mais de 11% somente neste ano.


Indo agora para o coronavírus, o Banco Mundial está lançando um programa de US$ 12 bilhões para combater essa epidemia. Isso inclui financiamento de emergência, assistência técnica e aconselhamentos.


Outra notícia que merece destaque ontem foi a vitória de Joe Biden na primárias democratas dos EUA. Como é sabido, Biden foi vice de Obama e é mais alinhado com o centro, ao contrário de Bernie Sanders, que seria um candidato mais à esquerda.


Hoje os mercados operam em alta, tanto os futuros de NY (altas de 2%) quanto as bolsas da Europa. Ásia  fechou em alta e o índice VIX (do medo) cai mais de 11% (o que é um bom sinal). Na agenda teremos o PIB brasileiro (previsão de +0,70%), o livro Bege e o ADP nos EUA (prévia do Payroll).


O dólar cai frente à maioria das moedas EM (entre 0,4% até 1%), o que indica que teremos uma certa folga por aqui...


Tenham todos uma ótima Quarta-feira!



Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS


35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos



Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pibMundial #pandemia #corteSelic #jurosEUA #dolarrecorde #balancacomercial #commodities #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #g7 #supertuesday #joebiden #fed #bancomundial

16 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Remessas expessas. Batemos a #transferwise !
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify