• Ney Martini

Call de Mercado - 5 de Agosto

Bom Dia,

Dia de Copom! Mercados lá fora estão positivos.

Ontem

A moeda abriu em alta pela manhã, chegando a bater na máxima de R$ 5,373 (+1%), mas aos poucos foi cedendo para fechar em queda de 0,53%, em R$ 5,286. Esta melhora também foi sentido lá fora, onde a divisa americana foi perdendo valor no decorrer da sessão (contra o peso mexicano o dólar subia 1% mas fechou em alta de somente 0,2%). Fora o ambiente externo (avanço nas negociações do pacote americano), o movimento da moeda também foi influenciado pelos dados da produção industrial local, que surpreendeu com uma alta de 8,9% (ante previsão de 7,9%).

A bolsa também caiu, e o índice Ibovespa fechou com 101.215 pontos (-1,57%). O destaque negativo ficou por conta de ITUB4 (Banco Itaú), que caiu 5% (resultado veio abaixo das expectativas, altas provisões para perdas, possível tributação dos lucros dos bancos, possível limitação dos juros do cheque especial,.....). S&P +0,36%, DJ +0,62%, Nasdaq +0,35%.

Já o ouro rompeu a barreira que prevíamos: ontem no mercado spot fechou à US$ 2.004/onça, sendo que no mercado futuro para o mês de dezembro bateu em US$ 2.021. O enfraquecimento do dólar e a queda dos títulos públicos americanos são as causas.

Pacote americano

Segue o impasse para a prorrogação do auxílio aos desempregados nos EUA: “já fizemos quatro propostas e os democratas, nenhuma contraproposta”, afirmou a porta-voz da Casa Branca. Lembrando, o repasse anterior de US$ 600/semana venceu na última sexta-feira. Segundo o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, um acordo de ajuda deve ser alcançado até o final da semana.

Hoje

Na Europa o investidor está tomando risco: as principais bolsas sobem amparadas por dados das vendas ao varejo (volume de vendas recuperou-se em junho para os níveis observados antes da pandemia). Na China (mercados já fechados) também foi dia de alta. Os futuros de NY sobem com os investidores de olho nas discussões comerciais entre China-EUA, bem como nos progressos nas negociações do pacote de auxílio aos desempregados. O petróleo sobe, com notícias de menores estoques (US$ 45/barril).

No mercado de moedas, o dólar cai frente à maioria (exceção é na lira turca). É dia de RISK ON, e o dólar deverá cair por aqui.

Desejamos Saúde a Todos!


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#copom #riskON

9 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Remessas expessas. Batemos a #transferwise !
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify