• Ney Martini

Call de Mercado - 6 de Julho

Bom Dia,

Mercados de bom humor!

Semana passada


O dólar na sexta-feira fechou à R$ 5,319, uma queda semanal de 2,60%. A mínima no período foi de R$ 5,276 e a máxima R$ 5,4970.

O Ibovespa fechou com 96.764 pontos, alta de 0,55% do dia e de 3,12% na semana. No mês (3 sessões) acumula alta de 1,8%.

No noticiário os destaques ficaram por conta do aumento do número de casos de Covid nos EUA, de dados de atividade vindos mais fortes na China e na zona do euro, de uma forte retomada dos empregos (Payroll forte) e no consumo dos americanos, da volta das tensões entre a China e o ocidente por conta das manifestações em Hong Kong, e pelo otimismo acerca de uma nova vacina contra o coronavírus.

E no Brasil a semana teve a divulgação de muitos dados: a queda de empregos formais saiu muito melhor do que o esperado, assim como o resultado da indústria em maio, que trouxe-nos uma expansão de 7% na comparação mensal, sinalizando que o pior em termos de atividade ficou para trás.

Resumindo, a semana foi boa para os ativos.


Esta Semana

Lá fora sairão os dados de sondagem industrial (ISM) de serviços nos EUA, vendas no varejo na zona do euro (*veja abaixo) e a produção industrial na Alemanha. Por aqui os destaques vão para as pesquisas de vendas no varejo e serviços. Tem IPCA na sexta. Também devemos acompanhar as declarações e Paulo Guedes quanto à reforma tributária (taxação de dividendos). Enfim, a agenda semanal é fraca. Quinta-feira (9) é feriado em SP, mas a B3 funcionará normalmente. A liquidez poderá ser reduzida no mercado spot.


Hoje

Os mercados amanhecem bem humorados, apesar dos novos casos de Covid (120 mil nos EUA neste final de semana), e os futuros de NY operam em alta. Na Europa, dados de *vendas ao varejo indicaram uma recuperação bastante forte em maio e as bolsas operam pra cima. Na Ásia o dia foi de ganhos: Tokyo fechou com +1,83% e na China a alta também foi bastante acentuada (com expectativas de uma rápida recuperação econômica).

As moedas EM não operam em direção única mas, dado o bom humor nas bolsas, é dia de tomada de risco (Risk On), e isso favorece a uma abertura em queda do dólar por aqui. Enquanto o dólar ganha espaço contra o rublo russo e na divisa sul-africana, cai frente ao peso mexicano e à rúpia indiana.

Desejamos uma Ótima Semana a Todos.

Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#RiskON #boasemana

0 visualização

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify