• Ney Martini

Call de Mercado - 9 de Junho

Atualizado: Jun 10

Bom Dia,

Interrupção no rali!

Mercados Ontem

Dada a farta liquidez global (e ajudados pelo Payroll da sexta), os ativos de risco continuaram valorizando-se. O Ibovespa fechou com 97.644 pontos (perto da máxima), uma alta de 3,18% no dia e já acumula 11,72% no mês (mas no ano ainda cai 15,57%). Foi a sétima alta seguida, a mais alta sequência desde 2018. Também contribui para essa ótima performance da bolsa os juros baixos. E lá fora o Nasdaq (bolsa americana com ações de tecnologia) registrou sua máxima histórica. Já o S&P (índice que reflete o preço de 500 empresas) apagou as perdas do ano, deixando pra trás a pandemia.

O dólar fechou em R$ 4,854, em uma nova baixa de 2,80%. A moeda norte-americana caiu em 11 das últimas 14 sessões, já cai 9% em junho mas o real ainda perde 17,4% no ano (ainda a pior performance entre seus pares). Esta é a menor taxa desde 13 de março. Na B3 (pregão eletrônico) o dólar fechou mais baixo ainda, aos R$ 4,823. O risco-país (CDS) também baixou bastante e está na casa dos 204 pontos (caiu mais de 27%).

E com essa onda de otimismo toda já tem gente considerando o dólar abaixo de R$ 4,00 no curto prazo...(transcrito de ontem: DE VOLTA AOS 100 K? – A volta por cima vivida nas últimas semanas pelo mercado doméstico já leva a circular nas mesas de operações apostas de que o Ibovespa reconquiste os 100 mil pontos e o dólar teste R$ 3,90).

Mas tem o outro lado, como o Bank of America: “o rali dos mercados emergentes foi forte e estamos começando a nos preocupar com a complacência”.

No mercado de juros, as apostas majoritárias agora são de um corte de 75 pontos na próxima reunião do Copom (Selic ficaria em 2,25%aa).

Agenda

Hoje e amanhã teremos a reunião do Fed: nada de novo é esperado (juros continuam no zero e, por enquanto, não se pensa em torná-lo negativos) e devem confirmar os estímulos já dados. A liquidez serve farta...Ainda nos EUA, teremos às 11h o relatório Jolts (emprego) e estoque do atacado de abril. Na zona do euro teremos o PIB do primeiro trimestre. Por aqui sairão as prévias do IPC-Fipe de junho (já saiu, e ficou estável) e o IGP-M.

Mercados Hoje


Já hoje a história é diferente: os futuros de NY operam em baixa, as bolsas europeias operam no mesmo sentido (caindo acima de 1,5% em média) e o dólar volta a subir frente às moedas EM. Seguindo o exterior, será um dia de interrupção do recente rali...uma correção. Os investidores seguem de olho na retomada da atividade econômica globalmente.

Saúde!


Ney Martini

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável pelas operações de câmbio e derivativos

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

#pandemia #coronavirus #viruschines #epidemia #calldemercado #neymartini #dolarcomercial #forex #fxcorporate #covid19

#rally #FED #IPC #Fipe

13 visualizações

por Gustavo Candiota

PARA SUA VIAGEM:

Blog do Câmbio
Pacotes túristicos!
Seguro Viagem com a melhor assessoria!
Remessas expessas. Batemos a #transferwise !
Chip intenacional compatível com +200 países!

Patrocinam o Blog / Podcast / WebTV

Chip global mysimtrvl - Voz e Dados
Ivan Pons - Moda Masculina
A Operadora Oficial da EAA Oshkosh no Brasil
+ 55 assinantes

© 2016-2020 GC Prime Câmbio Inteligente.

SIGA-NOS

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Spotify