Meu "profeta" (assessor) de câmbio errou denovo. O que faço?

03/06/2016

Bom dia pessoal! Chegou a sexta-feira, dia de planejar as festas e churrascos de sábado e domingo, mas também de fazer uma mini retrospectiva nos acontecimentos da semana. Dia de mostrar o que aconteceu e o que não aconteceu no mercado financeiro e no Brasil de forma geral.

 

Primeiro, o que aconteceu: Mais escândalos políticos, mais dados ruins na economia, mais inflação, mais desemprego, mais operações da lava-jato, delações, guerra de facções, capítulos de novela, muitos gols no brasileirão, demissão de técnicos de alguns times, etc. Enfim, tudo que era previsível, fácil de imaginar que testemunharíamos. Nada que já não estejamos acostumados, infelizmente.

 

Segundo, o que NÃO aconteceu: as previsões dos profetas do câmbio! Pois é. Não deu. Não "rolou"! Acho que as cartas que viraram na mesa ao dar entrevistas na última sexta-feira foram as erradas, ou os búzios jogados estavam com defeito de fábrica, ou sua calculadora-de-pra-onde-vai-o-câmbio falhou.

 

 

Para os que não entenderam: muitos ditos especialistas em câmbio, nas vésperas de iniciarmos esta semana, deram entrevistas a jornais do RS afirmando, mais uma vez com absoluta convicção (a de sempre), que "o dólar subiria muito nesta semana". (além de não ter subido, neste momento queda de -1.27%). Não estou sendo oportunista, vejam o que publiquei no blog na segunda-feira, quando falei para cuidarem que "os ciganos do câmbio voltaram".

 

Diversas análises foram traçadas pelos Mãe Dinah do Câmbio naquele dia, motivos explicados, justificativas esclarecidas, chavões utilizados, termos bonitos e técnicos proferidos. Tudo parecia muito bem fundamentado. De certa forma, a situação política e econômica do país e algumas questões globais até foram corretamente relatadas. Mas meus amigos, como diria meu pai, "até as galinhas sabem" o que está acontecendo e quais notícias já se tornaram recorrentes. Basta ler os - bons e isentos - portais de notícias, jornais, canais de TV. Agora... saber qual será a exata consequência no CÂMBIO é quase impossível, muito menos para o curto prazo. A maioria vai errar suas previsões, como erraram desta vez denovo. As vezes é pra cima, as vezes é pra baixo. Posso dizer que uma das poucas empresas que fundamenta bem suas análises e, assim, em diversas ocasiões acertou suas previsões foi a Empiricus. Por mais pessimistas, polêmicos e cataclísmicos que seus economistas possam ser, muito do que anteciparam, meses antes, virou realidade depois. Mas não por acaso. Possuem equipe composta por pessoas realmente experientes no assunto, estas sim, especialistas. Economistas de verdade. A maioria dos demais quer aparecer, ganhar divulgação na mídia, sabem pouco. E os jovens jornalistas adoram, blogueiros então, nem se fala. Eles estão sempre atrás de profissionais que fazem previsões do futuro, pois, se em suas reportagens estava a informação que depois se mostrou verídica, ganham notoriedade. Enquanto isso, os clientes são influenciados e prejudicados.

 

Estou ficando meio repetitivo no blog sobre este assunto, mas tenho que ser! Não suporto mais ver tantos clientes sendo enganados, estes que em muitos casos nem se dão conta que foram! Embarcam achando que tiveram uma ótima assessoria e na verdade não tiveram. Isto precisa mudar no Brasil.

 

O que fazer? Denuncie as propagandas enganosas e troque de fornecedor!

 

Os profissionais do câmbio têm o direito de traçar análises e opiniões para seus clientes, estes sempre buscando apoio de quem trabalha na área para tomar a melhor decisão (melhor momento) para compra de Dólar, Euro e Libra. PORÉM, é imprescindível que informem no máximo POSSIBILIDADES, de acordo com dados concretos, que falam de chances, mas nunca utilizem palavras que sejam interpretadas pelo passageiro como algo garantido, algo certo. Não é! O comportamento do câmbio neste tumultuado país é completamente imprevisível, eu diria 90% imprevisível. Desde 2014 isto está sendo mostrado. Então, colegas, parem com isso. Um dia a "conta" virá. Não digam que não avisei.

 

Sabem porque não erro minhas previsões sobre o câmbio? Porque eu não as faço. Eu sei que não tenho condições de acertar cirurgicamente algo tão difícil. Então ao assessorar meus clientes faço uma análise, mostro histórico do dólar em gráficos, desvendo mitos e, mais importante: deixo claro que estou dando uma OPINIÃO, reforço sempre que a decisão por comprar ou vender no final precisa ser do cliente. Falo da dificuldade em prever e da possibilidade em minha visão não se confirmar. Nós, da GC Prime, apenas munimos os associados com ferramentas e análises para que eles consigam decidir sozinhos. E para que realmente economizem com câmbio, oferecemos taxas competitivas e benefícios adicionais através do pool de qualificados parceiros, todos relacionados a viagens. Saiba mais aqui.

 

Obrigado por acessar o Blog do Câmbio diariamente! Tenham todos um bom fim de semana.

 

Att,

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime

 

 

Please reload

C O M P A R T I L H E !
VOCÊ GOSTOU DESTE POST ?
BLOG DO CÂMBIO RECOMENDA
Cobertura Global!
car rental_edited.png
booking_edited.png

Vai pegar a estrada? Alugue seu carro no portal Rentcars! Compare os preços em mais de 100 locadoras!

A melhor assistência no exterior!
Assine a Newsletter

Receba os principais posts do Blog em seu e-mail!

Anúncios Google

Ajude a manter o Blog do Câmbio gratuito. Conheça os anunciantes!

por Gustavo Candiota