Efeito Trump no dólar começa a perder força

20/12/2016

Conforme foi dito neste blog e no nosso podcast no dia seguinte à eleição de Donald Trump, a super valorização do dólar naquela data estava ocorrendo sob efeito totalmente especulativo. Para dezenas de clientes informamos e afirmamos com convicção que os quase 9% de alta em 2 dias não se sustentaria por muito tempo. O pânico que tomou conta dos mercados veio da expectativa por medidas que Trump - talvez - fizesse, em um mandato que nem sequer tinha começado. Naquele momento o que mais falamos foi: "calma pessoal!".

 

 

Ao longo das semanas posteriores, a especulação desenfreada começou a dar lugar para fatos. Economistas começaram a traçar análises mais coerentes, investidores começaram a planejar suas posições com mais tranquilidade, países emergentes realizaram análises mais fundamentalistas... e o câmbio recuou. Mesmo com o tão esperado aumento dos juros americanos, ainda assim, por aqui, o dólar mostra que está devolvendo os ganhos especulativos.

 

Ao que tudo indica, nossa aposta para final de dezembro, com a moeda norte-americana próxima dos 3.30, tende a se confirmar. E não por que aqui fazemos "profecias", os nossos estudos se baseiam em fatos e em análise técnica, partindo do pressuposto que certos boatos trazem efeito momentâneo e certos fatos trazem efeito duradouro.

 

Ainda assim, voltamos a lembrar que acertar projeções em um país de economia frágil como o Brasil é muito difícil. Conseguir prever uma tendência ou um preço hoje não quer dizer que acertaremos sempre. Nosso país segue passando por muita instabilidade política e econômica. Podemos em uma semana estar no caminho certo, com o ajuste fiscal evoluindo, a inflação e os juros recuando, e na outra um escândalo com o novo presidente acontecer e ser tão grave, que traria a chance de novo processo de impeachment e consequentemente o caos seria instalado, trazendo disparadas nas moedas. Passarmos novamente por este tipo de situação seria extremamente doloroso para nossa economia. Não queremos imaginar esta possibilidade agora, mas tudo é possível.

 

Por enquanto, estamos nos encaminhando para um final de ano relativamente tranquilo. Acreditamos que estes últimos dias do difícil 2016 terão baixa volatilidade. Mas devemos estar sempre atentos às notícias, aqui e lá fora. O que dá pra se dizer é que foi um período de muitos desafios para todos, mas nossa equipe está otimista para 2017. Apesar de tudo, existem boas perspectivas para o Brasil no próximo semestre, e no câmbio vai ser possível enxergar esta melhora. Não exatamente com novas quedas, pois não acreditamos no dólar abaixo de 3 reais tão cedo, mas sobretudo na redução da volatilidade, o que é muito importante para viajantes planejarem suas férias e deslocamentos ao exterior, e para importadores e exportadores planejarem seus investimentos e negócios no ano vindouro.

 

Tenham todos um ótimo final de ano e boas festas!

Obrigado por acompanhar o Blog do Câmbio.

 

Att

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime Câmbio Inteligente.

 

 

Please reload

C O M P A R T I L H E !
VOCÊ GOSTOU DESTE POST ?
BLOG DO CÂMBIO RECOMENDA
Cobertura Global!
car rental_edited.png
booking_edited.png

Vai pegar a estrada? Alugue seu carro no portal Rentcars! Compare os preços em mais de 100 locadoras!