O que fazer quando você comprou a moeda errada para sua viagem

30/01/2017

As passagens estão compradas, o carro alugado, as malas prontas, falta só fazer o câmbio de moeda para sua tão esperada viagem ao Canadá quando você se dá conta que, por engano, comprou dólares australianos. O que fazer?

Este exemplo não é fictício, aconteceu recentemente com um cliente e queremos explicar qual a melhor maneira de evitar prejuízo com a reversão da operação. Sejam quais forem as cédulas estrangeiras em questão.

 

 

Por que reversão?

 

No momento que você fecha e paga um câmbio oficial, e moeda comprada do banco pela corretora de câmbio, é boletada ao Banco Central, registrada em seu CPF e passa a ser sua. Ou seja, quando é comprada pela empresa que você contratou, o bem já é seu, mesmo que ainda esteja no cofre deles. Portanto, se na hora de buscar você observa seu erro - de ter comprado dólar de outro país - pedir o dinheiro de volta em reais e não pegar a moeda não será permitido pela casa de câmbio, pois com a reversão ela precisaria recomprar de você o que foi vendido... e pelas taxas de compra do mercado, não de venda. Dado o funcionamento do mercado de câmbio, comprarão de você por um preço bem mais baixo do que o valor que você pagou. Ex: nas taxas de 30/01/17 você comprou AUD a 2.57, mas teria que vende-lo de volta a 2.22. Se a compra foi de 1000, seria um prejuízo imediato de R$ 350. DEPOIS disso, aí sim, poderiam vender para você os dólares canadenses, e pelo preço de venda. Ou seja, você sofreria 2 câmbios a mais, pois é obrigatório para uma empresa operar câmbio que ela sempre passe pela moeda do país, nunca diretamente de uma pra outra. Assim precisaria fazer: AUD >> Real >> CAD.

 

E não pense que a casa de câmbio está fazendo isto para ganhar ainda mais em cima de você, as honestas não têm esta intenção. Elas na verdade precisam operar pelas taxas de compra, para que tenham não só margem de lucro, mas de segurança, ja que precisarão depois vender logo enquanto correm o risco de oscilação do câmbio com este dinheiro em custódia.

 

Sendo assim, veja suas alternativas numa situação dessas:

 

  1. Fique com os dólares australianos e guarde-os para uma futura viagem à Australia e realize nova compra, agora sim, da moeda correta (alternativa ideal, mas exige que a pessoa tenha dinheiro em caixa);

  2. Leve a moeda comprada erroneamente e troque no país destino (só 1 câmbio adicional será necessário e não 2);

  3. Peça para desfazer a operação, venda a moeda errada e compra a certa (somente em último caso, pois o prejuízo será grande).

 

Lembre-se: mesmo que para ajudá-lo a casa de câmbio retire toda sua margem de LUCRO destes 2 câmbios necessários para reverter a operação, eles não podem se dar ao direito de retirar sua margem de RISCO, então seu prejuízo será grande de qualquer forma.

 

Ah, e uma dica importante! Não acredite em casas de câmbio ou assessorias que, numa situação destas - ou quando você tem guardada no cofre uma moeda diferente do país que deseja visitar - recomendem algo como: "agora o melhor é aguardar uma alta da moeda X para vender, e aguardar uma baixa da moeda Y para comprar." Este tipo de sugestão não deve receber o mínimo de credibilidade, pois trata-se de pura especulação.

 

Tenham todos uma ótima semana.


Att

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime Câmbio Inteligente

 

 

 

 

Please reload

C O M P A R T I L H E !
VOCÊ GOSTOU DESTE POST ?
BLOG DO CÂMBIO RECOMENDA
Cobertura Global!
car rental_edited.png
booking_edited.png

Vai pegar a estrada? Alugue seu carro no portal Rentcars! Compare os preços em mais de 100 locadoras!

A melhor assistência no exterior!
Assine a Newsletter

Receba os principais posts do Blog em seu e-mail!