5 motivos para você aproveitar o momento do câmbio

24/03/2017

Dólar chegou a bater 3.05 e você não aproveitou? Não se preocupe. Entenda o cenário do câmbio no Brasil para se convencer de que continuamos em uma época interessante para comprar moeda estrangeira ou realizar investimento relacionado.

 

Mesmo com a alta nos últimos dias, o dólar e o euro seguem atrativos para compra e vamos de forma simples explicar por quê. Na nossa opinião, são cinco os principais motivos para não deixar passar este momento. Leia abaixo.

 

 1) As políticas protecionistas de Trump ainda não surtiram efeito nos países emergentes;

 

Diferente do que muitos imaginavam, o mundo não acabou com a eleição de Donald Trump. O republicano continua polêmico, seguindo suas promessas de campanha, mas os mercados estão começando a simpatizar com ele, principalmente a economia interna dos EUA. A Bolsa americana bate recordes atrás de recordes. O país deve crescer bastante nos próximos meses. Mais empresas vão optar por ter suas fabricas e organizações por lá, a importação de países emergentes, como o Brasil, pode diminuir e sua economia enfraquecer. Com economia fraca, o dólar aqui deve subir.

 

 

2) Os juros americanos ainda vão subir mais;

 

Engana-se quem enxerga somente como boa notícia o fato de o FED ter recentemente sinalizado apenas duas altas de juros em 2017. No curto prazo, para o Real, foi motivo de comemoração: vimos o câmbio derreter mais de 2% no em poucas horas. Porém, dias depois, o dólar devolveu as perdas. O fato de termos duas possíveis elevações da taxa no ano não quer dizer que estamos livres de surpresas. Sempre haverão surpresas no mercado financeiro global. Não podemos descartar que as altas sejam maiores do que o imaginado (em %) ou que o Banco Central americano mude de ideia aumentando em 3 ocasiões. E lembre-se: quanto maior os juros na economia dos EUA, mais chance do dólar subir no Brasil (o capital migra dos países de risco para um país mais sólido).

 

 

3) O pior momento da União Européia pode estar passando e isto afetará o valor do Euro no Brasil;

 

Após a saída do Reuno Unido (Brexit), tanto o Euro quanto a Libra desabaram. A primeira já derreteu 20% nos últimos 12 meses, a segunda mais do que isso. Porém, diferente do que muitos pensaram, a "debandada" de outros países do bloco econômico pode não acontecer, mesmo com abertura do precedente inglês. Havia chance na França com o crescimento do candidato de extrema-direita - que desejava saída do bloco - mas o de centro reagiu, o que parece estar afastando a possibilidade, acalmando as bolsas locais. Resultado: Euro volta a ganhar força. Ainda assim, vale destacar: graficamente o Euro segue em tendência de queda.

 

 

4) O Real foi a moeda que mais se valorizou em um ano em relação ao dólar;

 

Nossa moeda teve uma valorização de mais de 22% em 1 ano perante a divisa norte-americana e ainda assim você quer "esperar para ver se cai mais". Pode cair mais? Pode. Mas lembre-se: especulação em demasia pode ser frustrante. Comemore que o momento é bom e não se arrependa se cair mais. Quem tem motivos para lamentar são as pessoas que não possuem condições de viajar, e não quem perdeu uma oportunidade de melhor câmbio. Certo? É muito difícil acertar cirúrgicamente o preço mais baixo, ninguém de nós conseguirá acertar. Nunca. Vale observar também que o governo Temer está com baixíssima chance de aprovar a reforma da previdência como gostaria, o que prejudica o ajuste fiscal e desacelera um pouco o processo de melhora de nosso rating com as agências de risco internacionais. Se o país fica com reputação ruim por mais tempo, reduz a chance de mais capital estrangeiro ser investido aqui e o dólar pode subir.

 

 

5) Trocar uma moeda frágil por uma moeda mais forte sempre é um bom investimento.

 

Lembre-se: investir em divisas mais fortes sempre será uma decisão inteligente, exceto se você não possui qualquer plano de viagem ao exterior. Então tome cuidado: se o desejo for de investimento em moeda estrangeira, o melhor é optar por aplicações eletrônicas. Ex: para quem tem conta bancária no fora do Brasil, realizar remessas internacionais ou fundos cambiais nos bancos brasileiros. Assim seu dinheiro, em papel, não corre risco de depreciação ao longo dos anos. Leia mais sobre cédulas antigas clicando aqui

 

Por fim reforçamos: no câmbio sempre falamos em chances, nunca em certeza. Com base nisso, tenha em mente que, neste momento, a CHANCE das moedas voltarem a subir é bem maior do que continuar caindo. Significa que, por mais que sua viagem esteja distante, vale a pena pelo menos iniciar um preço médio, comprando pelo menos uma parte do montante total desejado, caso você ainda acredite em mais quedas.

 

Tenham todos um bom fim de semana!


Att

Gustavo Candiota

Diretor GC Prime Câmbio Inteligente

 

 

 

Please reload

C O M P A R T I L H E !
VOCÊ GOSTOU DESTE POST ?
BLOG DO CÂMBIO RECOMENDA
Cobertura Global!
car rental_edited.png
booking_edited.png

Vai pegar a estrada? Alugue seu carro no portal Rentcars! Compare os preços em mais de 100 locadoras!

A melhor assistência no exterior!