Call de Mercado - 15 de Outubro

15/10/2019

Bom Dia,

 

Mesmo em dia de menor liquidez em função do feriado nos EUA, ontem o dólar fechou em alta de 0,80%, aos R$ 4,1285. Nosso real teve o pior desempenho considerando uma cesta de 34 moedas (batemos inclusive a lira turca).

 

E os motivos para a alta do real seguem os mesmos, mas desta vez um “não é bem assim” dito pela China nas negociações comerciais com os EUA azedaram um poucos mais os mercados.

 

É a volta da cautela, uma vez que nenhum acordo ainda foi assinado e parece que o país asiático tomou a frente nas negociações. E o clima piorou com as declarações de Steven Mnuchin, secretário do Tesouro norte-americano: “uma rodada adicional de tarifas sobre importações chinesas provavelmente será imposta se um acordo comercial não for alcançado”, embora acrescentando que espera que o acordo seja concluído.

 

Além dos motivos acima, o IBC-Br divulgado ontem mostrou uma fraqueza na atividade econômica brasileira, que pode sinalizar novos cortes de juros à frente (e uma menor atratividade da nossa moeda).

 

Enfim, tivemos mais um dia de procura por ativos de segurança (moedas emergentes caíram frente ao dólar, enquanto o iene e o franco suíço subiram).

 

Vejam o gráfico abaixo:

 

 

Ele nos mostra o movimento do dólar numa escala bastante macro, ou seja, num largo horizonte de tempo (desde 1973). Observem que estamos num momento de valorização da moeda norte-americana (últimos 5,5 anos subiu 31% frente a uma cesta de moedas. Fonte: JP Morgan).

 

E agora pela manhã o destaque vai para a política: a PF cumpre mandato de busca e apreensão em endereço ligado ao deputado o federal  e presidente do PSL, Luciano Bivar. Não custa lembrar que no final de semana o presidente Jair Bolsonaro ameaçou trocar de partido....

 

As bolsas na Europa sobem em sua maioria em função de um possível acordo quanto ao Brexit. As asiáticas fecharam sem direção única em meio a dúvidas sobre o acordo comercial e de dados chineses fracos de inflação ao produtor (apresentaram a maior queda em três anos).

 

Para ficarmos de olho, hoje na agenda teremos a CCJ poderá votar uma proposta que permite a prisão de condenados em segunda instância. Nenhum dado relevante será divulgado por aqui, mas lá fora sairá o índice de atividade industrial Empire State dos EUA (9h30), além da divulgação de vários balanços corporativos (fechando o 3T). Às 10h o FMI divulga o relatório sobre as perspectivas para a economia mundial. Também teremos o discurso de um membro do Fed (Esther George, que vota no Fomc). Na Alemanha já saiu o índice ZEW (perspectivas para a economia), que caiu mas veio acima das projeções (-22,8 ante 27 pontos).

 

As moedas EM operam de maneira mista: enquanto a lira turca e o peso mexicano valorizam-se frente ao dólar, as demais caem (mas nada demais).

 

Tenham Todos uma Ótima Terça-feira!

 

 

Ney Martini

 

Formado em Adm. de Empresas pela UFRGS

35 anos de experiência em mercado Forex

Mais de 10 anos de atuação no Citibank como Treasury Trader

e outras passagens por grandes bancos e corretoras, responsável

pelas operações de câmbio e derivativos

 

 

 

 

 

Aviso: este texto foi integralmente transcrito de boletim interno para o Blog do Câmbio mediante autorização formal do Autor. A reprodução, total ou parcial, em outras páginas é terminantemente proibida.

Please reload

C O M P A R T I L H E !
VOCÊ GOSTOU DESTE POST ?
BLOG DO CÂMBIO RECOMENDA
Cobertura Global!
car rental_edited.png
booking_edited.png

Vai pegar a estrada? Alugue seu carro no portal Rentcars! Compare os preços em mais de 100 locadoras!

A melhor assistência no exterior!
Assine a Newsletter

Receba os principais posts do Blog em seu e-mail!

Anúncios Google

Ajude a manter o Blog do Câmbio gratuito. Conheça os anunciantes!

por Gustavo Candiota

Posts Em Destaque